Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Uma pausa...

  Eu sei que tenho andado ainda mais caladinha que o habitual, a verdade é que apesar dos longos dias o tempo continua a ser pouco, muito, muito pouco! Novidades??? Tenho tantas, mas não as posso revelar … ainda! Agora vou realmente de férias, pelo menos da mente, saberão quando eu voltar! Entretanto podem me ir acompanhando no Instagram porque eu vou vos atualizando por lá!   Beijocas e até já! Sandra Correia 
Mensagens recentes

Maiiiiiooooo

011 -    Não há tristeza que cem anos dure, nem problema que um abraço de mãe não cure. 022 -    Se te cansares, faz uma pausa, mas nunca desistas. 033 -    Já começas a ter mais fãs do que os pasteis de nata e a Beyoncé juntos. 044 -    Respira. Podes sempre voltar a tentar. 055 -    Tu és capaz de tudo, até daquilo que pensavas não ser capaz. 066 -    Um sorriso pode mudar o teu dia. 077 -    Nunca é demasiado tarde para começares a ser quem queres ser. 088 -    Os sonhos realizam-se (não só durante as sestas). 099 -    Ama o que fazes e tudo irá sobre rodas. 1010 -    Gostas de acordar com bom humor? Então experimenta acordar com bom amor! 1111 -    Sê sempre o teu fã número um e não tenhas medo de arriscar. 1212 -    Os sonhos não são uma loucura. Loucura seria não sonhar. 1313 -    Leva a tua diversão muito a sério. 1414 -    Tudo melhora quando tu sorris. 1515 -    Por menos que seja, esse sonho vale a pena. 1616 -    Os bons momentos são como as sobre

Desafio: Sentir

Aquilo que a maior parte de nós faz tanto quanto respirar é sentir, desde que nascemos até que partimos. Sentimos mesmo quando não estamos a sentir nada como queríamos, quando estamos em dias dormentes estamos a sentir, só não estamos a saber identificar o que estamos a sentir ou como lidar com essa emoção. Mas nunca deixamos de sentir. Sentimos qualquer coisa em todos os segundos, os espaços, os momentos, pessoas, intuições, tudo se traduz em nós em emoções. Ensinam-nos a falar, ensinam-nos a andar, ensinam-nos a escrever, mas não nos ensinam a sentir. Vamos sentindo a vida como conseguimos e sabemos. Isto de sentir tem muito que se lhe diga e há muito que se pode aprender para poder ser dono do leme das emoções, domá-las e até conseguir regulá-las de forma a que nos sintamos alinhados com os momentos, as pessoas que nos rodeiam e fases da nossa vida… Mas nunca ninguém nos diz isso. Pelo menos nunca fez grande parte da nossa cultura portuguesa, há países que o ensinam na escola e

Home 🏠 💝

Todos nós ou quase todos, fazemos planos para a nossa vida, para o nosso futuro e a maioria de nós tem uma lista de desejos (seja ela apenas mental ou escrita em papel) a concretizar para quando formos crescidos ou financeiramente independentes. Claro que a felicidade não se traduz em bens materiais. Mas, há coisas que nos trazem conforto, fazem-nos bem, deixam-nos muito orgulhosos e realizados. Por exemplo,  quando temos uma casa, seja ela arrendada nova ou remodelada, temos gosto em torná-la mais confortável, orgulhamo-nos de comprar aqueles primeiros  móveis  com o nosso próprio dinheiro, ou de aceitar aquilo que os nossos pais e familiares têm lá em casa mas já não usam e como o dinheiro não estica nós não nos importamos de aceitar a oferta ou o empréstimo e coloca-los no nosso cantinho até um dia podermos comprar ao nosso gosta aquilo quer queremos ou precisamos. Depois do nosso cantinho estar á nossa medida sentimo-nos felizes por convidar os nossos amigos e familiares a de