terça-feira, 7 de agosto de 2018

O tempo




A vida passa de forma tão rápida que quando repara-mos, muita coisa já ficou para trás.

As pessoas vem e vão, algumas permanecem, outras simplesmente passam um dia na nossa vida e perdem-se com o tempo… Aparecem e desaparecem.

O tempo foge de nós.

Tem-nos envelhecido rapidamente e nos engolido.

 Sigo de coração aberto, consciência tranquila, e pensamento positivo sempre. Que é para não enlouquecer.
Às vezes tropeço, mas apoio-me em tudo o que posso para não cair, mas se cair… levanto-me imediatamente.
 Eu sei que já errei e que ainda tenho muito para errar, mas se tiver que persistir nos meus erros para aprender e ser melhor, não me importo, errarei mil vezes.
 Aos que um dia fiz mal… 
Peço perdão, sou humana, sou errante.
E graças a Deus, deixei de tentar ser perfeita, pois vi que não tinha jeitinho nenhum para a coisa, eu nasci para ser desigual!
Perfeição está associada a uma monotonia insaciável e de um preconceito sem fim. Não sou assim!
 Mesmo que louca, incrédula, por vezes imatura, inocente e infantil esta sou Eu!
Se perco, não choro e se ganho apenas sorrio.
Vivo um dia após o outro, sem presas porque a vida não pode esperar, mas tenho consciência de que viverei tudo o que merecer e colherei todas as minhas atitudes.
Encaro as pessoas com medo de magoá-las e torturo-me às vezes... 
Mas é pro bem delas..
...

Beijocas,
Sandra





2 comentários: