segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Agonia, angustia, horror

Hoje de manha ouvi nas notícias acerca do desaparecimento de um menino de um ano e meio na Madeira, o pequeno Daniel.
Que horror, que horror, que horror.
Agora ouço que a PJ deu por terminadas as buscas.
E eu só penso se fosse comigo, como ficaria se as buscas fossem dadas por terminadas, se não houvesse indícios de coisa alguma, se não existisse um único sinal.
Não deve haver coisa pior do que o desaparecimento de um filho.
Imagino a dor que toda aquela família está a passar, dou por mim a imaginar vários cenários...
Bem o melhor é mesmo não pensar e rezar!

Neste momento é a única coisa que posso fazer a sério!!!

Buscas por bebé desaparecido dadas por "terminadas"


Buscas por bebé desaparecido dadas por "terminadas"
Daniel, de apenas 18 meses, desapareceu durante um almoço de família, no Lombo dos Reis, no Estreito da Calheta (Madeira). A Polícia Judiciária anunciou hoje que foram dadas por "terminadas" as buscas para encontrar a criança.

"As buscas foram dadas por terminadas", afirmou Eduardo Nunes aos jornalistas, acrescentando que "todos os cenários estão abertos", continuando a ser desconhecida a localização da criança.
"Nós não sabemos o que aconteceu. Estamos a tentar recolher indícios que nos permitam perceber de facto o que aconteceu. A única coisa que sabemos é que desapareceu aqui uma criança", declarou o responsável.
Entretanto, os pais da criança, do Daniel Freitas Abreu, foram encaminhados no carro da PJ para o Funchal onde serão ouvidos, constatou a Lusa no local.
O tio da criança, Vicente Freitas, na casa de quem se encontrava a criança com os familiares, no sítio dos Reis Acima, na zona Oeste da ilha da Madeira, disse à Lusa que "não era a primeira vez que o Daniel" estava no local e que desapareceu por volta das 14:30.
"Não percebemos o que aconteceu", afirmou.

retirado de http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=3640648

Sem comentários:

Enviar um comentário